•  

    Vendas e Suporte ao Cliente

    (+55) 41-3071-0121

  •  

    Funcionamento

    Seg - Sex 08:00 - 18:00

A KRJ, indústria brasileira que há 15 anos fabrica conectores no Brasil, segue firme no desenvolvimento de ações no oriente. Após ser aceita como cliente Invest Japan e poder receber informações do ambiente regulatório dos setores de energia e elétrico do mercado oriental estando apta a realização de negócios, celebra seu primeiro fornecimento ao Vietnã.

A KRJ, indústria brasileira que há 15 anos fabrica conectores no Brasil, segue firme no desenvolvimento de ações no oriente. Após ser aceita como cliente Invest Japan e poder receber informações do ambiente regulatório dos setores de energia e elétrico do mercado oriental estando apta a realização de negócios, celebra seu primeiro fornecimento ao Vietnã.

Com uma população de 90 milhões de habitantes, o Vietnã é um dos países de maior destaque econômico no sudeste asiático, com crescimento médio de 6% ao ano, tendo seu PIB saltado de US$ 57 bilhões em 2005 para US$ 185 bilhões em 2014, recebendo inclusive recente avaliação positiva do Fundo Monetário Internacional (FMI), que estima que o Vietnã será uma das 25 maiores economias do mundo nos próximos dez anos. “Toda esta pujança e a similaridade da rede elétrica deste país com a brasileira, convergiram para o interesse e adoção de nossos conectores em suas instalações elétricas”, destaca Roberto Karam Jr., diretor Comercial da KRJ.

Fizeram parte deste fornecimento os terminais KLOK e os conectores perfurantes KATRO e KARP (foto). Os terminais bimetálicos KLOK, por apresentarem grande confiabilidade elétrica graças ao seu projeto eletromecânico de conexão por efeito mola, aliado à facilidade de aplicação sem a necessidade de ferramentas específicas e com a possibilidade de reutilização sem afetar a estrutura dos condutores aos quais estavam conectados, o conector perfurante de 4 saídas modelo KATRO, por sua robustez e diferencial em ter um ponto de aterramento de segurança, sendo ideal para ser empregado na ligação de consumidores em locais de alta densidade populacional, como exemplo em comunidades, além de ligações em sistemas antifurto, sendo esta, uma de suas principais características, que de acordo com Karam, justificaram a exportação ao Vietnã.

O conector KARP, perfurante para redes protegidas de média tensão, compôs o interesse do cliente vietnamita. O produto, que foi desenvolvido como P&D aprovado pela ANEEL em parceria com a Unesp e a Enel Distribuição São Paulo, oferece o benefício da tecnologia perfurante para a rede de média tensão eliminando a necessidade de remoção e recomposição da cobertura do condutor, reduzindo significativamente o tempo de intervenção e exposição do eletricista na rede.

 

*Fonte: Potência